Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

NAVEGAR É PRECISO

Ampliação do MSC ARMONIA em 2014

Um filme da Fincantieri sobre a operação ocorrida em 2014, de alongamento do MSC Armonia. 

MSC Armonia - 2014.png

O MSC Armonia foi o primeiro dos quatro navios da classe Lírica da MSC Cruzeiros submetido ao programa de renovação Renaissance Programme, em 2014,  tendo sido aumentado em 24 metros de comprimento. A operação consistiu no corte do navio em duas partes e depois afastamento entre elas para introdução da nova secção central.

PRIMEIRO NAVIO DA CLASSE SEASIDE EVO VAI CHAMAR-SE MSC SEASHORE

mscseashore-miniature-reflex.jpg

O primeiro navio Seaside EVO vai ser um navio ainda maior e mais rico da classe Seaside, entrando ao serviço na primavera de 2021.

 

Genebra, Suíça / Monfalcone, Itália, 26 de novembro de 2018 - MSC Cruises, a maior empresa privada de cruzeiros do mundo e líder em cruzeiros na Europa, América do Sul, África do Sul e Golfo, e Fincantieri, herdeira da grande tradição da construção naval italiana e um dos maiores grupos de construção naval do mundo, cortaram hoje o primeiro aço do MSC Seashore, o primeiro de dois navios MSC Cruises Seaside EVO actualmente encomendados à Fincantieri. Numa cerimónia realizada no estaleiro da Fincantieri, em Monfalcone, em Itália, o presidente executivo da MSC Cruzeiros, Pierfrancesco Vago, e o diretor executivo da Fincantieri, Giuseppe Bono, iniciaram o corte do primeiro aço deste novo navio.

dsc6857.jpg

Entrando ao serviço na primavera de 2021, e com 169.400 Toneladas, o MSC Seashore será o primeiro do seu tipo, enriquecendo ainda mais a Classe Seaside da MSC Cruises com novos recursos de ponta, incluindo: um lounge adicional na parte traseira; um Yacht Club MSC aprimorado, cobrindo três decks; restaurantes especializados ao nível do passadiço do deck 8 para refeições ao ar livre, estando perto do mar; um maior número de jacuzzis pelo navio; e 200 cabines adicionais, bem como espaços públicos ainda mais generosos. Além disso, os navios Seaside EVO serão equipados com a mais avançada tecnologia ambiental, incluindo um sistema selectivo de redução catalítica; tecnologia de limpeza de gases de escape; sistemas de gestão e reciclagem de resíduos de última geração; sistemas avançados de tratamento de água; e um avançado sistema de recuperação de energia e calor, bem como outras tecnologias e medidas para aumentar ainda mais a eficiência energética.

 

O presidente executivo da MSC Cruzeiros, Pierfrancesco Vago, disse: “Com a classe Seaside, apresentamos ao mercado um dos mais inovadores protótipos de navios de cruzeiro - o nosso quinto entre seis até hoje - estabelecendo assim um novo padrão industrial para outros. Hoje, apenas um ano após a entrada em operação do MSC Seaside, estamos a levar este conceito premiado para o próximo nível, iniciando a construção de um navio ainda mais evoluído e ainda mais rico. O MSC Seashore é um exemplo do nosso compromisso em trazer a tonelagem mais inovadora e tecnologicamente avançada para o mar, e será agraciado com a mais recente e melhor tecnologia marítima e ambiental disponível. ”

dsc6807.jpg

O CEO da Fincantieri, Giuseppe Bono, afirmou: “O design deste navio é o símbolo perfeito do que a Fincantieri se tornou e do que o Grupo representa hoje no cenário do mercado internacional e a nível industrial geral. O MSC Seashore foi projectado para impressionar: em primeiro lugar, devido ao seu tamanho, ele será de longe o maior navio já construído em Itália, o que nos permite aumentar ainda mais os nossos padrões de gestão mas também para o nível tecnológico de primeira classe. É um protótipo que desenvolvemos com base numa plataforma única e extremamente bem-sucedida como o Seaside está a demonstrar ser ”. Bono então concluiu: “Além disso, temos muito orgulho de contribuir para o crescimento da MSC Cruzeiros, uma empresa que está a emergir como um dos principais players do mercado”.

 

O evento de hoje marcou mais um marco no plano de desenvolvimento de 10 anos, sem precedentes no sector, da MSC Cruzeiros para 17 novos grandes navios adicionais, com quatro novos navios actualmente em construção ao mesmo tempo. O MSC Seashore é o sétimo navio a ser construído sob este plano e tornar-se-á o 19º navio construído pela MSC Cruises desde a sua criação em 2003. Além disso, a entrada em operação do primeiro navio Seaside EVO levará a inovação em construção de navios de cruzeiro a outro nível de excelência, tal como a introdução do protótipo Seaside original estabeleceu um novo padrão para a indústria seguir.mscseashore-forward.jpg

O MSC Seashore é inspirado pela visão da MSC Cruzeiros para navegar em águas quentes e clima ameno, num cenário único. Seguirá o design arrojado e inovador da Classe Seaside, com um passadiço ao redor do Deck 8, oferecendo aos hóspedes uma infinidade de opções para jantar fora e relaxar. O seu nome, tal como os seus predecessores MSC Seaside e MSC Seaview, pretende reflectir esta nova forma de desfrutar da experiência em cruzeiro - introduzida pela primeira vez na classe Seaside da MSC Cruises - trazendo os hóspedes mais próximos do mar para desfrutarem também enquanto estão no mar .

Além de oferecer ainda mais espaço e uma experiência ainda mais rica, os navios Seaside EVO terão dimensões maiores, espaços públicos ainda mais generosos, mais cabines, um MC Yacht Club maior e receberão um total de até 5.632 convidados.

O MSC Seashore será acompanhado apenas 18 meses depois por um segundo navio Seaside EVO no outono de 2022.

mscseashore-miniature.jpg

Especificações técnicas do navio


Comprimento / largura / altura: 339m / 41m / 74m
Arqueação bruta: 169.400 GT
Hóspedes: 5,632
Tripulação: 1.648
Cabines de hóspedes: 2.270
Velocidade máxima: 21,8 nós
Data de entrega: primavera de 2021
19º navio de cruzeiro para se juntar à frota da MSC Cruzeiros desde sua criação em 2003
Primeira versão estendida da classe Seaside
Horas de homem necessárias para construir o navio: mais de 10 milhões
Número de funcionários da Fincantieri envolvidos na área de construção: até 4.000
Navio irmão: um segundo navio irmão Seaside EVO está agendado para o outono de 2022

PONANT e CHANTIERS DE L'ATLANTIQUE unem-se para testar inovador protótipo de vela SOLID SAIL®

Le-Ponant_Solid_Sail©PONANT-Philip-Plisson.jpg

©PONANT-Philip Plisson

Iniciado com o projeto Silenseas da Chantiers de l'Atlantique para navios à vela há dois anos, o revolucionário conceito de vela rígida Solid Sail® está a ser testado desde 31 de outubro no Le Ponant. Este novo tipo de vela consiste em painéis de fibra de vidro e resina de carbono e epóxi emoldurada por ripas de carbono, e foi tema de duas patentes registadas em 2009 e 2017. Esta nova tecnologia reduzirá significativamente o consumo de energia relacionadas com a propulsão de navios e, assim, reduzirá o seu impacto ambiental.

No último dia 25 de outubro, velas rígidas de mais de 300 m2 foram instaladas no Le Ponant durante a sua paragem técnica em Marselha. O três-mastros dirigiu-se para Cabo Verde antes de embarcar num transatlântico para Cuba. Este protótipo, na escala de 50%, será testado durante um ano.

Le-Ponant_Solid_Sail1©PONANT-Philip-Plisson.jpg

©PONANT-Philip Plisson

 

Uma solução futura para a preservação do meio ambiente

"Quando a Chantiers de l'Atlantique nos veio oferecer para trabalhar com eles nessa tecnologia de velas rígidas, ficámos imediatamente interessados. O Ponant, nosso veleiro histórico, a origem da empresa, continua a ser, mais do que nunca, um navio emblemático de nossa frota e a propulsão à vela é, sem dúvida, uma energia do futuro. A PONANT, que coloca a preservação do meio ambiente no centro de suas prioridades, segue naturalmente essa tecnologia com atenção. É claro que estaremos muito atentos aos resultados deste teste. " diz Jean Emmanuel, presidente da PONANT.

"Estamos convencidos de que o sistema de propulsão Solid Sail® pode representar uma solução futura para navios de passageiros do futuro, com benefícios económicos e ambientais significativos. Já havíamos realizado testes com uma versão reduzida da vela no monocasco de Jean Le Cam, skipper da Vendée Globe. Hoje são as maiores velas Solid Sail® já testadas e a PONANT surgiu como parceira de escolha para esses testes ”, diz Laurent Castaing, Gerente Geral da Chantiers de l'Atlantique.

DRY DOCK 2018 DO MSC ARMONIA EM FREEPORT - BAHAMAS

Na primeira semana de Dezembro o MSC Armonia vai estar em doca seca em Freeport, nas Bahamas, na Grand Bahama Shipyard Limited para limpezas, pequenas reparações e melhorias no navio.

freeport_bahamas_drydock.jpg

O Grand Bahama Shipyard Limited, líder mundial em operações de dry-docking e repações, ajustes, reformas e revitalizações acomoda navios dos segmentos de Cruzeiro, Comercial e Off Shore da Indústria Marítima.

Possui três docas secas, com capacidade para ancorar navios de até 82.500 toneladas, um cais e um cais de águas profundas, com mais de 300 metros de comprimento e está estrategicamente localizada em Freeport, Grand Bahama, Bahamas, a aproximadamente 93 milhas nauticas (172 km) a leste de Miami, na Florida.

Armonia_Havana MSC17009298 (1).jpg

O último cruzeiro do MSC Armonia antes de ir para doca seca começa em Havana no sábado 24 de Novembro e termina em Cozumel na sexta-feira 30 de Novembro ou em Havana no sábado 1 de Dezembro. 

Depois da saída da doca seca o percurso será a partir de segunda-feira 10 de Dezembro, Miami, Montego Bay, George Town, Cozumel e Havana (uma noite), com regresso a Miami na segunda-feira 17 de Dezembro.

Armonia_Havana MSC16009014_2.jpg

Para além das habituais pequenas reparações e melhorias, de realçar um novo restaurante, com capacidade para 38 pessoas, o "Surf & Turf" que servirá um delicioso cardápio do qual os passageiros poderão escolher um aperitivo, um prato principal e uma sobremesa entre uma grande variedade de opções gourmet.

Outra alteração, será a criação de um espaço reservado para jantares de passageiros com a Experiência Aurea, ao ar livre, tendo o mar por fundo.

Instagram

Navegar é Preciso

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Links

Empresas

Blogs

Portos

Publicações Digitais

Sites

Guias

Agências de Viagem

Facebook

Outros blogs

Tags

mais tags

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D