Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

NAVEGAR É PRECISO

MSC MAGNIFICA REGRESSA AO MAR COM CRUZEIROS DE 10 NOITES PELO MEDITERRÂNEO OCIDENTAL E ORIENTAL

MSC Magnifica_Genova_restart.jpg

  • Deslumbrante itinerário num dos navios mais elegantes da MSC Cruzeiros com visitas a seis destinos históricos e magníficos das pérolas europeias em Itália, Malta e Grécia
  • Segundo navio da MSC Cruzeiros a retomar as operações com a implementação de um rigoroso protocolo de Saúde e Segurança após o recomeço seguro e eficaz do MSC Grandiosa em Agosto

Lisboa, 20 de Outubro de 2020 - O MSC Magnifica partiu ontem de Génova, Itália, e tornou-se no segundo navio da MSC Cruzeiros a receber de volta a bordo passageiros desde que a principal Companhia de cruzeiros Europeia recomeçou as operações em Agosto.

O navio iniciou uma impressionante viagem de 10 noites de descontração e descoberta no Mar Mediterrâneo Ocidental e Oriental, com escalas previstas nos portos de Livorno para visitas a Florença e Pisa, Messina, na Sicília, Pireus, para Atenas, Katakolon em Olympia, Valetta, em Malta, e Civitavecchia para Roma, antes de regressar a Génova. O MSC Magnifica vai realizar seis longos e enriquecidos cruzeiros pelo Mediterrâneo antes do final do ano, incluindo um itinerário de 8 noites especial de Natal que partirá de Génova no dia 18 de Dezembro de 2020.

Este é o segundo navio a ver implementado o abrangente protocolo de saúde e segurança da MSC Cruzeiros, que foi desenvolvido por especialistas médicos externos e formalmente aprovado pelas autoridades nacionais e locais relevantes. As medidas abrangentes de segurança destinadas em primeiro lugar a proteger o bem-estar dos hóspedes, tripulação e localidades visitadas foram implementadas pela primeira vez em Agosto, quando o MSC Grandiosa se tornou no primeiro grande navio de cruzeiro do mundo a regressar ao serviço, em Agosto. O emblemático navio da Companhia completou agora nove viagens de 7 noites e demonstrou positivamente a eficácia do protocolo. As medidas incluem visitas em terra protegidas por uma “bolha social” para que os passageiros também possam desfrutar dos destinos em cada porto de escala.

O protocolo de saúde e segurança da MSC Cruzeiros inclui rastreios de saúde universais para todos - hóspedes e tripulação – com a inclusão de testes para COVID-19 antes do embarque; medidas elevadas de saneamento e limpeza em todo o navio; gestão do distanciamento social; uso de máscaras faciais em áreas públicas e tecnologia para auxiliar no rastreio e identificação a bordo. Nesta fase inicial, a capacidade do navio também foi reduzida para 70 por cento para assegurar que o distanciamento social possa ser garantido a bordo.

 

Descubra o Mediterrâneo Oriental e Ocidental neste Outono

Os hóspedes a bordo dos cruzeiros no MSC Magnifica pelo Mediterrâneo podem visitar com segurança uma variedade de destinos fascinantes com o enriquecido programa de excursões em terra da MSC Cruzeiros. Algumas das atracções incluem a Inclinada Torre Pisa, um city tour pela histórica cidade siciliana de Messina, uma viagem de autocarro a céu aberto ao longo de Malta, uma visita ao local original dos Jogos Olímpicos na Grécia do século VIII A.C., uma excursão na Atenas antiga e a mundialmente famosa Acrópole, um passeio a pé pela Cidade Eterna de Roma e ainda um passeio de autocarro pela cidade de Génova, no norte da Itália. As excursões em terra terão os mesmos padrões de saúde e segurança praticados em terra como a bordo de modo a proteger não só os passageiros e a tripulação, mas também as comunidades nos portos de escala.

Com embarques convenientes nos quatro portos italianos durante os itinerários de 10 noites - Génova, Livorno, Messina e Civitavecchia – este itinerário é de fácil acesso para os passageiros que residem nos países Schengen[1] que estão, neste momento, elegíveis para reservas nesta fase inicial das operações.

MSC Magnifica 13013310.jpg

O MSC Magnifica é um dos navios de médio porte mais famosos da MSC Cruzeiros e oferece um design magistral, um requinte descontraído, um elevado rácio de camarotes com varanda, grandes áreas de refeições com quatro restaurantes e 11 bares, uma piscina com tecto retráctil, um espectacular teatro, um casino em grande escala, discoteca panorâmica e um cinema 4D.

MSC Grandiosa 19001494.jpg

O MSC Grandiosa encontra-se a disponibilizar cruzeiros de 7 noites com embarque nos portos italianos de Génova, Civitavecchia, Nápoles e Palermo, para além de escalas em Valletta.

Os passageiros podem efectuar reservas para o MSC Magnifica, neste Outono e Inverno, junto do seu agente de viagens e podem beneficiar do seguinte:

  • Uma selecção de um pacote de 3 excursões disponível por apenas €100 com a tarifa Welcome Back;
  • Plano de Protecção Covid (CPP) por apenas €18 por passageiro por cruzeiro para poder desfrutar do seu cruzeiro em completa serenidade. As crianças até 1 ano estarão cobertas pela apólice sem quaisquer custos adicionais;
  • Programa Reservas Flexíveis: Possibilidade de alteração do cruzeiro sem custos até 15 dias antes da partida do cruzeiro (pacote SÓ CRUZEIRO) e 21 dias antes da partida para VOO & CRUZEIRO, em todos as áreas e navios. Disponível para reservas efectuadas até dia 31 de Dezembro e para partidas do Inverno 20/21 e Verão 2021.

Para obter mais informações acerca das novas medidas de saúde e segurança do MSC Magnifica, MSC Grandiosa e da MSC Cruzeiros, consulte o website Protocolo Saúde e Segurança e dirija-se ao seu agente de viagens para mais informações sobre reservas.

[1] Bélgica, República Checa, Dinamarca, Alemanha, Estónia, Grécia, Espanha, França, Islândia, Itália, Letónia, Liechtenstein, Lituânia, Luxemburgo, Hungria, Malta, Holanda, Noruega, Áustria, Polónia, Portugal, Eslovénia, Eslováquia, Finlândia, Suécia e Suíça.

MSC CRUZEIROS DÁ AS BOAS VINDAS AOS PRIMEIROS HÓSPEDES A BORDO DO MSC GRANDIOSA

  • Navio emblemático da MSC Cruzeiros partiu ontem de Génova, para o seu primeiro cruzeiro de 7 noites no Mediterrâneo Ocidental
  • Extenso protocolo de Saúde e Segurança da MSC Cruzeiros foi implementado para todos os hóspedes e tripulação 

MSC GRANDIOSA READY TO DEPART GENOA_resized.jpg

Lisboa, 17 de Agosto 2020 – O MSC Grandiosa tornou-se ontem no primeiro navio da frota da MSC Cruzeiros a receber novamente hóspedes a bordo e o primeiro navio a ter implementado o protocolo de Saúde e Segurança da Companhia. Os primeiros hóspedes iniciaram o embarque no navio emblemático da MSC Cruzeiros no porto de Génova ontem de manhã, chegando ao terminal de acordo com os horários indicados individualmente, e seguindo os novos procedimentos de triagem universal de acordo com o protocolo de Saúde e Segurança da companhia, que inclui medição da temperatura, exame médico de questionário de saúde e testagem por zaragatoa ao COVID-19 para todos os passageiros previamente ao embarque. Após concluir estas etapas e receber os resultados do teste no terminal, os passageiros aptos para viajar, embarcaram no navio de acordo com os novos procedimentos de saúde e segurança, que incluem higienização da bagagem de mão e de porão.

 

Todos os hóspedes receberam uma pulseira MSC for Me gratuita, que disponibiliza uma grande variedade de opções sem contacto físico enquanto estão a bordo, tais como abrir o camarote ou realizar pagamentos, e que também ajudará a facilitar a proximidade e rastreamento, caso seja necessário. Para além disso, nas últimas semanas, todos os membros da tripulação passaram por medidas de rastreamento de saúde igualmente rigorosas, que incluíram três testes COVID-19 em várias fases, bem como um período de isolamento antes de iniciarem as suas funções. Cada membro da tripulação será testado regularmente e sua saúde será monitorizada.

 

Gianni Onorato, CEO da MSC Cruises comentou, “É verdadeiramente um prazer para mim estar aqui e viajar a bordo do primeiro dos nossos navios a regressar ao mar e a estar disponível para receber novamente os nossos hóspedes. O nosso principal objectivo ao longo destes últimos meses tem sido por em prática as medidas correctas que protegerão a saúde e segurança dos nossos passageiros, tripulação e as comunidades que visitamos. Ao mesmo tempo, trabalhámos para assegurar que conseguimos disponibilizar aos nossos hóspedes umas férias de cruzeiros onde possam desfrutar e continuar a usufruir da experiência com todos os elementos que já conhecem e adoram, desde o entretenimento e actividades a bordo às excursões protegidas.”

 

Após o embarque dos novos passageiros hoje em Civitavecchia, mais hóspedes vão embarcar nos portos de Nápoles e Palermo e o navio fará depois escala em Valetta, em Malta, antes de regressar a Génova no próximo Domingo. Ao longo do itinerário do navio, os hóspedes poderão desembarcar para desfrutar dos diferentes portos mas apenas como parte de uma excursão em terra da MSC Cruzeiros para usufruir dos diferentes portos de escala com um nível adicional de protecção, de modo a que sua experiência em terra esteja alinhada com os elevados padrões de saúde e segurança a bordo. Hoje, alguns hóspedes visitarão Roma, conhecendo todas as atracções da “Cidade Eterna”, em transferes higienizados com distanciamento social no local e acompanhados por guias turísticos e motoristas que também cumprem as rigorosas medidas de saúde e segurança.

 

Para esta fase inicial de regresso às operações, os dois navios da MSC Cruzeiros a operar no Mediterrâneo durante este Verão – o segundo será o MSC Magnifica no Mediterrâneo Oriental - irão inicialmente receber passageiros apenas residentes nos países Schengen[1].

 

Para mais informações sobre o MSC Grandiosa, bem como sobre as medidas de saúde e segurança a vigorar, visite o website aqui: MSC Cruzeiros.

 

 

Pilares Principais do Protocolo de Saúde e Segurança da MSC Cruzeiros

 

  1. Rastreio Universal de Saúde dos passageiros antes do embarque que consiste em três medidas abrangentes – medição da febre, questionário de saúde e um teste de zaragatoa COVID-19. Dependendo dos resultados do rastreio e de acordo com o histórico médico e de viagens do passageiro, um segundo rastreio ou teste de saúde será necessário. Caso alguém teste positivo, tenha sintomas ou febre, ser-lhe-á negado o embarque. Seguindo as directrizes do Centro Europeu de Prevenção e Controlo de Doenças, os passageiros que viajam de países considerados como alto risco, terão que se submeter a um teste molecular RT-PCR, que deverá ser feito dentro de 72 horas antes do embarque. Toda a tripulação será testada a COVID-19 antes do embarque assim como regularmente durante o seu contrato;
  2. Elevados critérios de limpeza e higienização com introdução de novos métodos de limpeza, utilização de desinfetante próprio para hospitais e o saneamento do ar a bordo com tecnologia de luzes UV-C altamente eficaz que desinfetará o ar, matando cerca de 99,97% dos micróbios;
  3. Distanciamento Social será possível através da redução da capacidade dos passageiros a bordo, permitindo mais espaço para os passageiros, aproximadamente 10m2 por pessoa, baseado numa capacidade geral de 70%. A capacidade das áreas será reduzida, actividades adaptadas para permitir grupos mais reduzidos e os passageiros deverão reservar antecipadamente os serviços e actividades de forma a gerir o número de participantes. Quando o distanciamento social não for possível em espaços públicos, como nos elevadores, será pedido aos passageiros que utilizem uma máscara facial. As máscaras serão disponibilizadas diariamente aos passageiros no camarote e disponibilizadas pelo navio.
  4. Serviços médicos melhorados com tripulação altamente qualificada e treinada, o equipamento necessário para testar, avaliar e tratar pacientes suspeitos de contraírem COVID-19 e a disponibilidade de tratamento gratuito no centro médico de bordo para qualquer passageiro com sintomas. Camarotes especificamente isolados para o efeito estarão disponíveis para assegurar o isolamento de quaisquer casos suspeitos e contactos próximos.
  5. Constante monitorização de saúde será conduzida durante o cruzeiro. Passageiros e tripulação terão medições diárias de temperatura não-invasivas quer quando regressem de uma escala quer numa estação especificamente dedicada para o efeito pelo navio para monitorizar o estado de saúde de todos os passageiros e membros da tripulação. Durante esta fase inicial de operações, para continuamente melhorar as medidas de protecção e evitar riscos para a saúde dos passageiros e os seus acompanhantes, os mesmos apenas poderão ir a terra em participação de uma excursão organizada pela MSC Cruzeiros. Isto quer dizer que a MSC Cruzeiros pode proteger a sua saúde em terra numa excursão que seguirá os mesmos altos padrões de saúde e segurança existentes a bordo. Asseguraremos que os transferes serão devidamente higienizadas e com o espaço adequado entre passageiros. Guias turísticos e condutores também serão submetidos a rastreios de saúde e usarão o apropriado EPI.
  6. Um plano de resposta a contingências será activado se um caso suspeito for identificado, em colaboração próxima com as autoridades nacionais de saúde. O caso suspeito e contactos próximos seguirão as medidas de isolamento e poderão ter de desembarcar de acordo com os regulamentos locais e nacionais.

 

 

Sobre o MSC Grandiosa 

MSC Grandiosa departs Genoa_resized.jpg

À direita, o MSC Grandiosa a sair do porto de Génova. À esquerda, o MSC Magnifica.

 

O novo navio emblemático da Companhia, o MSC Grandiosa, foi inaugurado em Novembro de 2019, é o primeiro navio da geração Meraviglia-plus e vai disponibilizar uma vasta gama de experiências para os hóspedes, uma promenade ao estilo Mediterrânico única com tecto em LED, uma ampla selecção de restaurantes internacionais, incluindo cinco restaurantes de especialidades e um requintado MSC Yacht Club. O MSC Grandiosa é o segundo navio da MSC Cruzeiros a disponibilizar a ZOE, a primeira assistente pessoal virtual de cruzeiro de mundo, e novas actualizações para o programa de inovação digital inovador MSC for Me. O Cirque du Soleil at Sea será temporariamente suspenso a bordo do MSC Grandiosa por um curto período, devido às difíceis restrições de viagem dos artistas internacionais que actuam nos espectáculos. Serão disponibilizadas apresentações de música ao vivo no deslumbrante Carousel Lounge na popa do navio, incluindo um concerto teatral - The Beatles - A Musical Celebration e Who’s Who A 60’s Musical Celebration.

 

[1] Bélgica, República Checa, Dinamarca, Alemanha, Estónia, Grécia, Espanha, França, Islândia, Itália, Letónia, Liechtenstein, Lituânia, Luxemburgo, Hungria, Malta, Holanda, Noruega, Áustria, Polónia, Portugal, Eslovénia, Eslováquia, Finlândia, Suécia e Suíça.

MSC CRUZEIROS REGRESSA AO MEDITERRÂNEO E DISPONIBILIZA UMA EXPERIÊNCIA COMPLETA ESTE VERÃO

  • O emblemático navio MSC Grandiosa vai receber novamente hóspedes no Mediterrâneo Ocidental a partir de 16 de Agosto e o MSC Magnifica no Mediterrâneo Oriental a partir de 29 de Agosto
  • O regresso às operações será apoiado pela introdução de um rigoroso protocolo de saúde e segurança aprovado pelas autoridades relevantes juntamente com os itinerários dos dois navios
  • A MSC Cruzeiros vai para além das directrizes com medidas melhoradas incluindo testes universais para todos os passageiros e tripulação bem como excursões seguras em todos os portos

 MSC Grandiosa_MSC Magnifica_resized.jpg

Lisboa, 8 de Agosto 2020 – A MSC Cruzeiros anunciou hoje que o seu navio emblemático MSC Grandiosa e o MSC Magnifica retomarão as operações no Mediterrâneo a partir dos dias 16 e 29 de Agosto de 2020, respectivamente, disponibilizando aos hóspedes uma experiência completa de férias de cruzeiro com a oportunidade de descobrir cinco destinos diferentes ao longo de um itinerário de 7 noites. Os dois navios serão os primeiros a terem implementados um novo e abrangente protocolo de higiene e segurança, que foi aprovado pelas autoridades nacionais relevantes dos países onde os navios vão realizar nos seus itinerários pelo Mediterrâneo Oriental e Ocidental, neste Verão.

msc - pierfrancesco vago.png

Pierfrancesco Vago, Executive Chairman da MSC Cruises comentou: “Durante a suspensão das nossas operações, focamo-nos em desenvolver um abrangente protocolo operacional baseado em medidas de saúde e segurança rigorosas, que existem há já muito tempo a bordo dos nossos navios. Trabalhámos em estreita colaboração com as autoridades de saúde nacionais relevantes da UE e outras autoridades dos países em que o MSC Grandiosa e o MSC Magnifica vão realizar escala ao longo dos seus itinerários pelo Mediterrâneo, de modo a desenvolver um vasto conjunto de procedimentos criados para proteger a saúde e a segurança de todos os passageiros a bordo dos nossos navios e em terra, para garantir que as comunidades locais se sintam confortáveis a receber os nossos hóspedes.”

 

Pierfrancesco Vago continuou: “Os novos procedimentos incluem testes universais à COVID-19 para todos os passageiros e tripulantes antes do embarque, visitas seguras em terra em todos os destinos apenas disponíveis com excursões da MSC Cruzeiros como nível de proteção adicional para os nossos passageiros, e a introdução de um Plano de Proteção COVID para maior descanso dos nossos clientes. Com todas estas medidas em vigor, queremos oferecer aos nossos hóspedes as férias mais seguras possível.”

 MSC19001320_Grandiosa.jpg

O MSC Grandiosa, navio emblemático da companhia, oferecerá cruzeiros de 7 noites no Mediterrâneo Ocidental, realizando escala nos portos Italianos de Génova, Civitavecchia/Roma, Nápoles, Palermo e Valetta.

MSC13013115_Magnifica.jpg

O MSC Magnifica estará a navegar pelo Mediterrâneo Oriental, com partida dos portos Italianos de Trieste e Bari e fazendo escalas nos portos Gregos de Corfu, Katakolon e Piraeus.

msc - gianni onorato.jpeg

 

 

Gianni Onorato, CEO da MSC Cruises afirmou: “Estamos muito satisfeitos por podermos começar a receber novamente hóspedes este Verão para uma experiência de férias de cruzeiro completa a bordo de dois dos nossos navios mais populares, incluindo o nosso navio emblemático MSC Grandiosa, e no Mediterrâneo, a região de onde são as verdadeiras raízes da nossa Companhia e onde há muito tempo somos líderes de mercado.”

 

 

 

 

O novo protocolo operacional da MSC Cruzeiros foi desenvolvido para proteger a saúde e segurança dos passageiros, tripulantes, bem como das comunidades locais que os navios da companhia vão visitar. Por esta razão, tem como objectivo atender e exceder as directrizes disponibilizadas pelos principais órgãos reguladores e órgãos técnicos internacionais, bem como pelos regulamentos estabelecidos pelos governos dos países onde os navios da MSC Cruzeiros operam. Adicionalmente, a RINA, a empresa independente de certificação marítima, confirmou que o protocolo vai de encontro às directrizes da Agência Europeia de Segurança Marítima (EMSA), que incorpora padrões de saúde adicionais, incluindo as da Acção Conjunta Healthy Gateways da EU.A MSC Cruzeiros trabalhou para abranger todos os aspectos da viagem do passageiro, desde o momento da reserva até ao embarque, a vida a bordo e até o regresso a casa, preservando a particularidade da experiência do hóspede.

 

Para esta fase inicial de regresso às operações, os dois navios da MSC Cruzeiros a operar no Mediterrâneo durante este Verão irão inicialmente receber passageiros apenas residentes nos países Schengen[1]. Para além disso, os itinerários foram criados de acordo com a acessibilidade dos portos, reduzindo, onde possível, a necessidade de os passageiros usarem transportes públicos ou voos, tendo sido planeados em conjunto com as autoridades.

 

A MSC Cruzeiros anunciou hoje o cancelamento de todos os restantes cruzeiros no Mediterrâneo a partir de 16 de Agosto e até ao dia 31 de Outubro. Os hóspedes que residem nos países Schengen e sujeitos a quaisquer restrições impostas pelas autoridades Italianas, com reservas em qualquer itinerário da MSC Cruzeiros até 31 de Outubro, podem transferir sua reserva para o MSC Grandiosa ou MSC Magnifica, com oferta de três excursões gratuitas, dependendo da categoria da reserva; como alternativa, receberão um Crédito para um Futuro Cruzeiro (FCC), que podem usar em qualquer navio ou em qualquer itinerário da frota da MSC Cruzeiros até Dezembro de 2021. Para além disso, todos os outros passageiros que residem em países Schengen e sujeitos às restrições impostas pelas autoridades Italianas, caso já tenham um voucher FCC referente a cruzeiros cancelados anteriormente, podem também utilizar o mesmo num dos itinerários destes dois navios, aproveitando até três excursões em terra gratuitas.

 

Para os passageiros não residentes no espaço Schengen, receberão automaticamente um Crédito para um Futuro Cruzeiro (FCC), onde terão a oportunidade de transferir o valor total pago pelo cruzeiro cancelado para um cruzeiro futuro à sua escolha - em qualquer navio, com qualquer itinerário - até ao final de 2021.

 

A MSC Cruzeiros anunciou também o cancelamento de todas as partidas dos cruzeiros nos EUA até 31 de Outubro em linha com o anúncio de que os membros do CLIA estenderão voluntariamente a suspensão das operações de cruzeiros até esta data. A CLIA afirmou que "esta acção pró-activa vem demonstrar ainda mais o compromisso da indústria de cruzeiros para com a saúde pública e a vontade de suspender voluntariamente as operações pelo interesse da saúde e segurança públicas, como sucedeu duas vezes anteriormente." A MSC Cruzeiros só reiniciará as operações nos Estados Unidos quando for o momento certo, após a aprovação do CDC e de outras autoridades relevantes em toda a região no cumprimento dos seus requisitos e directrizes.

 

Por fim, a MSC Cruzeiros também cancelou os cruzeiros para o Oriente de 10 de Setembro a 26 de Outubro.

 

Além dos itinerários de Verão anunciados hoje, a MSC Cruzeiros está a monitorizar a evolução da pandemia, pelo que a introdução gradual de outros navios da companhia poderá ser possível durante o mesmo período de Verão.

 

O anúncio de hoje vem no seguimento da confirmação de todos os detalhes da programação da MSC Cruzeiros, com início no final de Outubro deste ano até Novembro de 2021, para as temporadas de Inverno 2020/2021 e Verão 2021. Os navios vão disponibilizar aos passageiros itinerários em todas as regiões onde tradicionalmente a MSC Cruzeiros navega nas Caraíbas, no Mediterrâneo, no Golfo, África do Sul, América do Sul e Ásia.

 

Em relação aos itinerários da MSC Cruzeiros para além da actual temporada de Verão, Gianni Onorato concluiu: “Vamos monitorizar de perto as actualizações e as novas directrizes a nível global, Europeu e nacional e rever e actualizar continuamente o nosso protocolo de saúde e segurança, não apenas para garantir que as suas medidas refletem a experiência médica e a tecnologia mais actualizadas à medida que se tornam disponíveis, mas que também reflete as diferentes fases da evolução e propagação do vírus à medida que as restrições sociais mudam ao longo do tempo. Para o efeito, com o tempo e de acordo com a evolução da situação de saúde em terra, esperamos poder abrandar algumas medidas, continuando a garantir que a saúde e a segurança de todos a bordo dos nossos navios continua a ser a nossa prioridade número um. Ao mesmo tempo, garantimos sempre que nossos hóspedes podem desfrutar e descontrair durante as férias a bordo de um dos navios da MSC Cruzeiros como sempre fizeram - incluindo agora neste Verão.”

 

Sobre o MSC GrandiosaMSC Grandiosa 19001301.jpg

O novo navio emblemático da Companhia, o MSC Grandiosa, foi inaugurado em Novembro de 2019, é o primeiro navio da geração Meraviglia-plus e vai disponibilizar uma vasta gama de experiências para os hóspedes, uma promenade ao estilo Mediterrânico única com tecto em LED, uma ampla selecção de restaurantes internacionais, incluindo cinco restaurantes de especialidades e um requintado MSC Yacht Club. O MSC Grandiosa é o segundo navio da MSC Cruzeiros a disponibilizar a ZOE, a primeira assistente pessoal virtual de cruzeiro de mundo, e novas actualizações para o programa de inovação digital inovador MSC for Me. O Cirque du Soleil at Sea será temporariamente suspenso a bordo do MSC Grandiosa por um curto período, devido às difíceis restrições de viagem dos artistas internacionais que actuam nos espectáculos. Serão disponibilizadas apresentações de música ao vivo no deslumbrante Carousel Lounge na popa do navio, incluindo um concerto teatral - The Beatles - A Musical Celebration e Who’s Who A 60’s Musical Celebration.

 

Sobre o MSC Magnifica

MSC Magnifica 19019147.jpg

O MSC Magnifica permitirá aos hóspedes viajar em verdadeiro conforto e classe. O navio disponibiliza um design perfeito e requinte descontraído, com todas as características que distinguem qualquer navio da MSC Cruzeiros, incluindo uma das maiores proporções de camarotes com varanda, áreas de refeições aumentadas com quatro restaurantes e 11 bares, camarotes modernos e confortáveis, bem como uma vasta variedade de actividades de entretenimento e lazer. As principais características incluem uma piscina com magrodome, um teatro espetacular, casino em grande escala, discoteca panorâmica, cinema 4D e muito mais - os hóspedes sentirão a atenção aos detalhes no serviço e no design, uma marca registada da MSC Cruzeiros.

 [1] Bélgica, República Checa, Dinamarca, Alemanha, Estónia, Grécia, Espanha, França, Islândia, Itália, Letónia, Liechtenstein, Lituânia, Luxemburgo, Hungria, Malta, Holanda, Noruega, Áustria, Polónia, Portugal, Eslovénia, Eslováquia, Finlândia, Suécia e Suíça.

CRUISE TALKS (IV) 23 Julho 2020

Vamos Cruzeirar até à Madeira!

Embarque nesta partilha de Experiências Memoráveis pelo mundo, a bordo e em terra.

Contamos consigo, neste evento exclusivo e único online, com a nossa convidada muito especial da Madeira a dra. Patrícia Bairrada, Relações Publicas e Diretora Comercial da APRAM, para mais uma “conversa ao café” sobre Turismo e Cruzeiros.

A Madeira é uma das Nossas Melhores Pérolas e um dos mais fantásticos Portos onde gostamos sempre de voltar.

Cruise Talks 4.jpg

Confirme o seu lugar e faça o seu check in.

23 julho 2020
21:15h (hora de Lisboa)

SEATRADE CRUISE - Reiniciando os cruzeiros fluviais e de luxo na Europa

Realizou-se hoje, organizado pela Seatrade Cruise, uma organização de comunicação da indústria de cruzeiros um pequeno seminário com alguns intervenientes deste mercado.

Após um longo período de incerteza para os cruzeiros e para a indústria de viagens em geral, os cruzeiros estão lenta mas seguramente a começar a retomar as operações.

Com moderação de Frederik Erdmann da Seatrade Cruise (à direita da foto), este Seatrade Cruise Talks, teve como convidados Rudi Schreiner da AmaWaterways (cruzeiros de rio), Emilio Freeman da SeaDream Yacht Club (cruzeiros de luxo oceânicos) e Monic van der Heyden do Porto de Amsterdão.

SeaTradeCruiseTalks3.png

Emilio Freeman da SeaDream começou por explicar que, depois da paragem total ocorrida em Março, decidiram deslocar os dois navios que tinham a operar nas Caraíbas e Mediterrâneo para a zona da Noruega. Apesar de o dono da empresa ser norueguês, tal como a SeaDream, em quase vinte anos de existência só tinham tido uma única viagem nesse país. E poucos noruegueses habitualmente nos seus navios.

Falou sobre a preparação do percurso, que foi feita em cerca de quatro semanas, quando habitualmente qualquer percurso demora dois anos a ser elaborado. À medida que avançavam surgiam novos problemas, que foram conseguindo resolver nomeadamente o facto de inicialmente terem considerado um porto dinamarquês para o cruzeiro ser internacional e a Dinamarca ter começado por exigir que os cruzeiristas ficassem cinco dias na Dinamarca. Esta exigência acabou por ser abandonada depois de muitos contactos, nomeadamente cerca de 90 telefonemas para as autoridades do país!

Uma operação que começou com apenas um dos navios, mostrou ser um tal êxito, que logo na segunda semana já estavam os dois a navegar.

Depois falou sobre algumas medidas a bordo, como a desinfecção de toda a bagagem antes da entrada a bordo ou a desinfecção integral do ginásio depois de cada utilização (por grupos de apenas até quatro pessoas). Referiu que tinham uma sala de jantar interior, mas várias exteriores e que estas já eram utilizadas preferencialmente antes.

Inquirido sobre a utilização de máscaras a bordo, referiu que não existe, dado que na Noruega não se utiliza máscara. Distanciamento social, sim, mas máscara, não.

Referiu que a esmagadora maioria dos actuais clientes são noruegueses e que o percurso foi estudado para ir a locais mais recônditos, em grande parte desconhecidos dos próprios noruegueses.

SeaTradeCruiseTalks2.jpg

Rudi Schreiner da AmaWaterways, começou por referir que habitualmente 90% dos clientes são provenientes dos Estados Unidos e do Canadá. Por isso, decidiram recomeçar com apenas um navio, entre portos alemães, viagens de cinco dias. De realçar que antes raramente tinham clientes alemães nos seus navios.

Informou que tinham ocorrido reuniões prévias ao retomar da navegação entre várias companhias, para chegar a "guidelines" comuns relativamente a segurança, evitando cada operador ter as suas regras.

As máscaras são obrigatórias nas áreas comuns e tentam servir as refeições ao ar livre ao maior número possível de hóspedes. Limitaram o número de cruzeiristas a cerca de 65% da capacidade do navio e não têm espectáculos com cantores, dado não poderem garantir a segurança de todos.

Referiu que tinham já muitas marcações para 2021 e 2022, tendo inclusivê afirmado que Junho tinha sido um dos melhores meses de sempre quanto a marcações, essencialmente dos mercados norte-americanos.

SeaTradeCruiseTalks1.jpg

Monic van der Heyden do Porto de Amsterdão, falou sobre as excursões, referindo que a saída dos navios é mais lenta, cinco pessoas de cada vez até encher o autocarro e só depois avança outro autocarro, no mesmo esquema.

Amsterdão ainda só recebe cruzeiros de rio, estando o primeiro navio de oceano (e pequeno) previsto para o meio de Agosto.

Referiu também que ainda não existe regulamentação governamental para os navios de oceano pelo que ainda não conseguem prever o que irá acontecer.

Por fim, foi perguntado aos três convidados o que esperavam que ocorresse a três e a nove meses.

O representante da SeaDreams disse que não tinha grandes expectativas quanto aos próximos três meses, mas que esperava um 2021 bom.

A AmaWaterways vai manter cruzeiros apenas com pequenos navios, até por causa das dificuldades que ainda há com vôos. Acham que esta conjuntura é uma oportunidade para os pequenos navios, que vão ser preferidos aos maiores e declararam que esperavam para 2021 o regresso ao normal.

A representante do Porto de Amsterdão informou que neste momento já tinha mais marcações de navios para 2021 que em qualquer outro ano anterior.

CRUISE TALKS (III) 16 Julho 2020

No terceiro Cruise Talks, a 16 de Julho, via Zoom, vamos falar sobre o tema Portos dos Açores. Estes portos, ao longo da sua existência têm desempenhado um importante papel, quer no apoio ao transporte de passageiros desde há séculos, quer mais recentemente como apoio e atracção aos hóspedes de navios de cruzeiro que passam pelas suas ilhas no centro do Atlântico.

Os convidados serão André Velho Cabral, Cruise Manager dos Portos dos Açores e António Silva do Azores Cruise Club, clube de entusiastas de cruzeiros.Cruise Talks 3.jpg

Instagram

Navegar é Preciso

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Links

Empresas

Blogs

Portos

Publicações Digitais

Sites

Guias

Agências de Viagem

Facebook

Outros blogs

Tags

mais tags

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D