Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

NAVEGAR É PRECISO

OCEAN CAY MSC MARINE RESERVE

Ocean cay representacao.png

 

Situada a 32 quilómetros de Bimini e a somente 104 de Miami, a ilha objecto de um acordo assinado em Nassau entre a MSC e o governo das Bahamas em Dezembro de 2015 e reformulado em Janeiro de 2017, terá uma superfície de 38,5 hectares, com seis praias estendendo-se por 3,5 quilómetros. Uma terra deserta, utilizada para a extracção de areia, é objecto de um direito de superfície por 100 anos, sendo transformada numa reserva natural e num local de descontracção para os cruzeiristas.

 

Para este efeito, a MSC vai investir 200 milhões de dólares num estaleiro com duração de cerca de dois anos. Tudo, precisa a companhia, com a vontade de conduzir um projecto baseado no desenvolvimento sustentável. "A MSC Cruzeiros empenhou-se em respeitar o mar, estando aliás os seus navios entre os mais respeitadores do ambiente. Aqui, vamos transformar uma antiga estação de extracção de areias deserta numa ilha e numa reserva marítima e refúgio natural florescente."

 

20151217115503_Aerial.jpg

 

Implantar vegetação luxuriante e partilhar a cultura local

 

O plano de ordenamento prevê a plantação na ilha de vegetação nativa das Caraíbas, nomeadamente 80 árvores, gramíneas, arbustos e canteiros de flores exóticas. Dedicada à cultura das Bahamas, uma pequena aldeia será construída num estilo arquitectural típico com restaurantes e bares propondo aos veraneantes a degustação de especialidades locais. Haverá igualmente lojas com recordações e artesanato bem como um espaço de acolhimento aos passageiros à sua chegada à ilha, onde descobrirão a música tradicional. Os turistas poderão passear pelos parques e praias, com caminhos que permitem ir a pé, fazer jogging ou vaguear de bicicleta.

 

20151217115508_Central%20aerial.jpg

 

Múltiplas actividades e um anfiteatro com 2.000 lugares

 

O Ocean Cay MSC Marine Reserve disporá nomeadamente de uma grande praia familiar com um restaurante para crianças e diferentes áreas de jogos, de uma esplêndida lagoa, de um slide que atravessa a ilha e de um pavilhão para casamentos e outras celebrações. Para além das múltiplas actividades propostas durante o dia, a vida nocturna será igualmente muito rica, com espectáculos propostos num grande anfiteatro com 2.000 lugares. Os clientes poderão igualmente aproveitar o casino do navio, que ao contrário de outras escalas, estará a funcionar.

 

Os passageiros do MSC Yatch Club, espaço VIP dos mais recentes navios da MSC disporão de um espaço privativo na zona nordeste da ilha, com praia, bungalows privativos e um espaço SPA, complementado por tendas de massagens.

 

Devido ao atraso no arranque do projecto a ilha já não estará pronta para a chegada do novo MSC Seaside, como inicialmente previsto. Os trabalhos, previstos para terminar em Dezembro de 2017, apenas estarão concluídos em Novembro de 2018. Dotada de um longo cais permitindo a amarração dos maiores navios, a Ocean Cay MSC Marine Reserve acolherá a partir dessa data o novo navio da companhia, o MSC Seaside, com capacidade para mais de 4.000 passageiros especialmente concebido para navegar em águas quentes, com grandes espaços exteriores. Esse gigante, terá como base o porto de Miami, propondo cruzeiros às Caraíbas com escala na Ocean Cay MSC Marine Reserve. Outros navios a operar na região, como o MSC Opera ou o MSC Lirica, posicionados em Cuba, também poderão aí fazer escala.

 

20151217115509_Children's%20beach.jpg

 

"Ocean Cay MSC Marine Reserve e as suas ofertas exclusivas serão uma magnífica extensão da experiência que propomos a bordo dos nossos navios, onde zelamos para que a nossa marca respeite as suas promessas, oferecendo a autenticidade, a qualidade e a preocupação com o pormenor que os nossos clientes esperam. Foi o que fez da MSC Cruzeiros líder na maior parte dos mercados onde está presente, nomeadamente na Europa, na América Latina e na África do Sul. Vamos aplicar a mesma filosofia na nossa oferta nas Caraíbas, da qual esta nova reserva marítima será a pedra angular. Sabemos que assim os nossos clientes ficarão satisfeitos com esta experiência única na indústria dos cruzeiros." explicou Gianni Onorato, director-geral da MSC.

 

A companhia prevê recrutar 240 pessoas originárias das Bahamas, para além da implantação de um centro de formação em Nassau a fim de aumentar o número de membros de equipagem desta nacionalidade nos navios da MSC.

 

Traduzido e adapatado de Mer et Croisières 

DISCURSO DO PRIMEIRO MINISTRO DAS BAHAMAS NA CERIMÓNIA DE ARRANQUE DAS OBRAS NA ILHA OCEAN KAY DA MSC

Grounbreaking Ocean Cay MSC  Marine Reserve_1.jpg

Discurso do Primeiro Ministro e Ministro das Finanças das Bahamas, Perry G. Christie na cerimónia de arranque da construção da ilha Ocean Cay em 16 de Janeiro de 2017:

 

Gostaria de aproveitar esta oportunidade para dar as boas-vindas ao Sr. Pierfrancesco Vago, Presidente Executivo da Mediterranean Shipping Company (MSC) e, mais uma vez, agradecer a ele e à família Aponte o seu interesse e apoio às Bahamas.

 

O Sr. Vago não só é presidente de operações de cruzeiro no MSC, mas esteve ao leme da Cruise Line Industry Association (CLIA) no Reino Unido como seu presidente nos últimos três anos e é a força motriz por detrás deste projeto aqui em Ocean Cay.

 

A Mediterranean Shipping Company, ou MSC, é a companhia de cruzeiros com o mais rápido crescimento no mundo; o segundo maior transportista de contentores do mundo, e a maior companhia de cruzeiros privada do mundo. Opera cerca de 500 navios, tem 350 escritórios e cerca de 65.000 pessoas a trabalhar em todo o mundo e está posicionada para a entrega ao mercado dos navios mais modernos e inteligentes, que representam uma oportunidade económica tangível para os destinos de cruzeiros nesta região.
 

A procura por cruzeiros aumentou 68% na última década. Com 33% do mercado de cruzeiros, nenhuma região é mais competitiva do que as Caraíbas. O crescimento dos cruzeiros está a reflectir-se na procura de produtos e nos correspondentes investimentos de capital, uma vez que os estaleiros europeus dispõem actualmente de 48 navios para entrega a linhas de cruzeiro internacionais até 2019 e 75 até 2026.

Desde a recessão global de 2008, os cruzeiros como um sector da indústria do turismo também têm superado consistentemente o crescimento das viagens de lazer em geral.

De muitas maneiras, portanto, as oportunidades nunca foram melhores e as experiências mais interessantes, mais agradáveis, seguras e acessíveis.

O sector movimenta uma base de clientes global de vinte e quatro milhões de pessoas, com um gasto médio diário de US $ 135 dólares e impacto económico global de mais de US $ 120 bilhões. Em 2015, os gastos com cruzeiros nas Bahamas ascenderam a US $ 373 milhões e proporcionaram 4.000 empregos directos e US $ 81 milhões em salários anuais directos.

O recente investimento de US $ 5,4 bilhões da MSC na expansão da frota dobrará o número actual de 12 navios e lançará os primeiros de dois novos protótipos - o MSC Meraviglia, que se estreará no Mediterrâneo em Maio e o MSC Seaside nas Caraíbas em Dezembro, ambos com capacidade para cerca de 5.000 passageiros e 1.400 tripulantes.

O MSC Seaside irá basear o seu serviço semanal nas caraíbas no Porto de Miami com viagens para Nassau e, quando concluído, Ocean Cay nas Bahamas, juntamente com itinerários para o México, Porto Rico e Jamaica.

 

Além de níveis sem precedente de investimento em navios de cruzeiro de próxima geração, os investimentos em ilhas privadas que servem como portos de cruzeiro também estão a ganhar força. Sob o acordo negociado com o Governo das Bahamas, a MSC vai investir mais de US $ 100 milhões para transformar Ocean Cay num destino de cruzeiro de classe mundial, incluindo um pequeno hotel de 20 quartos, centro comercial, anfiteatro, restaurantes, instalações desportivas e de entretenimento, spa, mega marina para iates e operação de ferry e reserva marítima.

Ao fazê-lo, a MSC ir-se-á juntar a um clube distinto de companhias de cruzeiro que possuem ilhas exclusivas privadas que servem como destino de cruzeiros dedicados.

 

A empresa também irá fornecer instalações para uma esquadra de polícia, alfândega e terminais de imigração.


A
 MSC comprometeu-se com o desenvolvimento empresarial das Bahamas através da oferta de financiamento para a construção e equipamento de restaurantes, lojas, desportos aquáticos, entretenimento e atracções a serem operados por bahamianos.

MSC também procurará maximizar o emprego para os bahamianos na construção e gestão deste empreendimento e Ocean Cay, uma vez concluído, terá actividade comercial para empregar trezentas pessoas vindas de outras ilhas das Bahamas, incluindo Bimini, que agora está desfrutando de pleno emprego com a maioria dos 600-700 bahamianos empregados lá.

A MSC também se comprometeu a estabelecer uma Escola Técnica de Marítimos em Freeport, e tem trabalhado com um Sub-Comité do Governo para facilitar o planeamento e desenvolvimento de infra-estruturas e a triagem de candidatos, com os primeiros 55 recrutas a começarem a treinar já no próximo mês em áreas como alimentos e bebidas, serviços aos hóspedes, avaliações de convés, engenheiros e entretenimento para colocação em navios de cruzeiro da MSC. Um adicional de cinquenta e cinco (55) recrutas por trimestre serão treinados para um total de 220 graduados até ao final de 2017.

A MSC está investir igualmente na instrução de formadores marítimos bahamianos nas suas instalações em Freeport.


Senhoras e Senhores Deputados, não tenho dúvidas de que os impactos económicos acumulados do aumento de cruzeiros da MSC para Nassau e os novos itinerários para Ocean Cay - um projecto que atrairá 369.000 passageiros por ano - proporcionarão ganhos económicos significativos quanto ao futuro dos cruzeiros para as Bahamas, não só por causa da reputação da marca e influência do promotor, mas também porque estamos a viver um tempo em que o interesse por cruzeiros está no ponto mais alto de todos os tempos.


Obrigado.

 

Traduzido do original, publicado pelo The Bahamas Weekly

Ocean Cay MSC Marine Reserve

ocean  cay vista aerea.jpg

 

A Ocean Cay MSC Marine Reserve faz parte das ilhas Bimini nas Bahamas Ocidentais. É uma das ilhas mais próximas do Sul da Flórida e do Norte de Cuba. A sua localização única oferece uma grande flexibilidade para que os navios da MSC Cruzeiros possam realizar escalas na ilha, continuando a sua viagem pelas Caraíbas Ocidentais ou Orientais.

 

História

A ilha é um antigo local industrial de extracção de areia. Trabalhando em parceria com os ecologistas e Governo das Bahamas, a MSC Cruzeiros vai transformar este local industrial numa ilha paradísica natural.

 

Areia de Aragonite

A areia de Aragonite é considerada uma das melhores areias do mundo. Não só é extremamente branca, mas tem também propriedades incríveis e é considerada essencial para as condições da recriação dos recifes.

 

Reserva Marinha

Para proteger a natureza preservada da área, a ilha será rodeada por 84 milhas quadradas de reserva marinha, sendo permanentemente protegida da prática de pesca ou qualquer outro desenvolvimento que altere o habitat aquático, excepto quando necessário para acompanhamento científico.

 

Paisagem

Um abrangente plano paisagístico vai incluir a plantação de uma grande variedade de árvores, ervas, flores e arbustos indígenas das Caraíbas na ilha, que regressarão ao seu exuberante habitat natural. Uma grande percentagem do orçamento do projecto é dedicado ao programa de plantação que vai incluir cerca de um quarto de um milhão de plantas.

 

O melhor das Caraíbas

A ilha tem uma lindíssima costa com 3475 metros rodeada por águas azuis cristalinas repletas de vida marinha singular. Existem 4 praias escondidas em enseadas e cinco praias de classe mundial cada uma com ambiente, ambiência, personalidade e objectivo diferentes.

 

Aspectos Sustentáveis

Como uma Reserva Marinha, a Ocean Cay MSC Marine Reserve será um projecto sustentável em todos os aspectos, desde a construção às operações e com o objectivo de preservar este ambiente natural.

 

A ilha terá disponíveis infraestruturas sustentáveis de última geração e será autossuficiente com reaproveitamento total de toda a água. Outras características importante do sistema incluem: uma quinta solar, abastecimento de água através de osmose reversa, utilização de ventilação natural, LED e controle padrão de iluminação, tratamento e reutilização avançados de águas residuais.

 

O MSC Seaside e outros navios da MSC Cruzeiros a navegar nas Caraíbas vão realizar escalas regulares na Ocean Cay MSC Marine Reserve a partir de Novembro de 2018.

 

MSC CRUZEIROS INICIA CONSTRUÇÕES NA OCEAN CAY MSC MARINE RESERVE

Um destino único nas Caraíbas, criado exclusivamente para receber os viajantes da MSC Cruzeiros a partir de Novembro de 2018

Grounbreaking Ocean Cay MSC  Marine Reserve_resize

A MSC Cruzeiros, maior companhia privada de cruzeiros do mundo com sede na Suíça, líder de mercado na Europa, incluindo Portugal, na América do Sul e Sul de África, deu início à construção da Ocean Cay MSC Marine Reserve. Situada no sul de Bimini, nas Bahamas, a ilha está a ser criada para se tornar num paraíso natural exclusivo para os viajantes da MSC Cruzeiros a partir de Novembro de 2018. O Honorável Senhor Gladstone Christie, Primeiro Ministro das Bahamas, juntou-se a Pierfrancesco Vago, Executive Chairman da MSC Cruises, na Cerimónia oficial de Inauguração, juntamente com outros ministros e representantes do governo das Bahamas. Este notável acontecimento marca o início oficial dos trabalhos que vão transformar este antigo local industrial de extracção de areia no seu estado originalmente preservado.

Ocean  Kay - arranque.jpg

O desenvolvimento da Ocean Cay MSC Marine Reserve faz parte do plano de investimento sem precedentes de €9 mil milhões da MSC Cruzeiros, que inclui a construção de 11 novos navios inteligentes de próxima geração, que entrarão ao serviço entre 2017 e 2026. A primeira fase de desenvolvimento da reserva marinha começa agora, uma vez que foi limpo da ilha todas as infraestruturas industriais anteriormente existentes para que seja possível, novamente, a sua transformação numa reserva marinha intocada.

 

Durante o evento da Cerimónia de Inauguração, Pierfrancesco Vago, Executive Chairman da MSC Cruises, afirmou que: “Trabalhando em parceria com o Governo das Bahamas, o nosso objectivo é transformar um deserto industrial num ambiente próspero de igual modo para os homens e para a natureza, trazendo toda a ilha e as águas que a rodeiam de volta à sua condição original. E ao fazê-lo, aumentaremos substancialmente o já forte investimento do Grupo na economia das Bahamas, proporcionando também, a longo prazo, novas oportunidades de emprego para a população local.”

 

“Como testemunho da nossa capacidade de inovação, serão construídos um cais e um porto dedicados que permitirão aos nossos navios atracar directamente na Ocean Cay MSC Marine Reserve. A ilha tornar-se-á, assim, uma perfeita extensão do navio.”

 

Gianluca Suprani, Head of Global Port Development and Shore Side Activities da MSC Cruises, acrescentou que: ”Situada apenas a 104 kms a Este de Miami, Flórida, a Ocean Cay MSC Marine Reserve oferece uma lindíssima costa com 3475 metros rodeada por águas azuis cristalinas repletas de vida marinha singular. A ilha dispõe de alguns dos melhores areais de aragonite no mundo e, quando os trabalhos estiverem terminados, as suas águas ficarão novamente repletas de corais e de uma vida marinha bastante rica. Tornar-se-á num verdadeiro destino exclusivo que permitirá aos viajantes da MSC Cruzeiros conhecerem o melhor que as Caraíbas têm para oferecer.”

 

Um abrangente plano paisagístico vai incluir a plantação de uma grande variedade de árvores, ervas, flores e arbustos indígenas das Caraíbas na ilha, que regressarão ao seu exuberante habitat natural.

 

O MSC Seaside e outros navios da MSC Cruzeiros que estarão a navegar pelas Caraíbas, realizarão escalas regulares na Ocean Cay MSC Marine Reserve incluídas nos seus itinerários, a partir de Novembro de 2018.

 

Para mais informações sobre itinerários com escala neste destino por favor consulte o seguinte link Ocean Cay MSC Marine Reserve.

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Tags

mais tags

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D